top of page

Psicólogos voluntários do Elos Invisíveis atenderam crianças em situação de risco.

Atualizado: 10 de jan. de 2023

O mês de maio é marcado pela conscientização sobre a prevenção do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes.


Os números são alarmantes. A cada hora 3 crianças são abusadas no Brasil. Cerca de 51% tem entre 1 a 5 anos de idade.


Todos os anos 500 mil crianças e adolescentes são explorados sexualmente no nosso país e há dados que sugerem que somente 7,5% dos dados cheguem a ser denunciados às autoridades, ou seja, estes números na verdade são muito maiores.


Visando modificar esse cenário, o Grupo Elos Invisíveis deu continuidade ao desenvolvimento do Programa de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infantil e disponibilizou um grupo de psicólogos voluntários para atender crianças em situação de risco, em uma comunidade da região metropolitana de Curitiba.


A ação, que aconteceu no último sábado (13/05), foi coordenada pela psicóloga Talita Fabiele Karasinski e contou com a participação dos psicólogos Erika Ribeiro, Gean Oliver, Beatriz Bartulic e Joacir de Lima Júnior, que realizaram dinâmicas em grupos e atendimento individual especializado.



Relatórios dos atendimentos serão gerados e encaminhados aos órgãos competentes da rede de proteção para a devida apuração e resguardo da integridade física das crianças e adolescentes vitimas de abuso, maus tratos e exploração sexual.


A conscientização e combate é um compromisso de todos.


Confira as fotos da ação:















13 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page